segunda-feira, maio 14, 2012

Sob as barbas de Dom Saburido,OSB.


Vocês sabem, OSB significa Ordem de São Bento, o Glorioso. E as barbas são de Dom Saburido, comentado no blog recentemente,  (aqui, aqui e aqui). Agora me chega uma notícia de Pernambuco, por meio do leitor Manoel Carlos.

Semana passada, a Universidade Católica de Pernambuco realizou uma semana de teologia sobre o Concílio Vaticano II: 50 anos, história e perspectivas. Da história nós sabemos. Das perspectivas, esperamos que não existam. Mas, enquanto isso, o pessoal de uma universidade que se diz católica, vai debatendo e vivendo o tal espírito do concílio.

Querem saber o que é viver o espírito do concílio? Bem, então pulemos os debates, pois debates acadêmicos são sempre uma perda de tempo. Passemos direto para as vivências. Vejam o anúncio: “O povo cristão do hemisfério sul do planeta celebra, entre os dias 20 e 27 de maio próximo, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. Nessa ocasião, católicos romanos, luteranos, anglicanos, presbiterianos, ortodoxos e outras denominações irmãs colocam-se em oração na busca pela unidade das comunidades cristãs, tendo como lema ‘Todos seremos transformados pela vitória de nosso Senhor Jesus Cristo’ (cf. 1 Cor 15, 51-58). No Recife, várias celebrações e reflexões estão sendo preparadas, sob coordenação geral da Associação Fraterna de Igrejas Cristãs.”

Duas observações me ocorrem. Eu achei muito charmosa e eficiente a expressão “e outras denominações irmãs”. Eficiente porque esta simples expressão convida pelos menos 30.000 denominações protestantes que existem por aí. Não sei se o povo pernambucano convive com tantos hereges assim, mas que elas existem, existem: são uma legião. A segunda observação é estes promotores da unidade dos cristãos querem, muito protestantemente usar São Paulo como um adepto do ecumenismo. É só ler a carta que o apóstolo escreveu aos efésios para desmentir esses hereges enrustidos.

Mas tem algo ainda mais grave e mais irônico. Um tal Grupo de Jornadas de Confiança e o Instituto Humanitas estão convidando para “jejum da sua eucaristia tradicional”, para “todas as quartas-feiras, entre 18h e 18h30, na Capela da Universidade” fazerem “uma celebração no estilo de Taizé, aberto a todas as denominações cristãs.” Ou seja, a Missa deixa de ser celebrada, daí o jejum da Eucaristia (palavra que eles escrevem com minúscula, muito significativamente). O mais grave é que eles falam de “eucaristia tradicional”, dando a entender que existe outra, a não tradicional, a que eles vão celebrar com os hereges. Eles atacam assim o ponto central de nossa Fé, a Presença Real.

O que é irônico é que eles cometem o que os freudianos chamam de ato falho, quando usa a palavrinha jejum. Admitem que os católicos, para se aproximarem dos hereges ecumenicamente, temos de abrir mão de Nosso Senhor Jesus Cristo, temos de nos afastar do Sacramento maior de nossa Fé. O que os católicos modernistas de Pernambuco estão admitindo, quer queiram, quer não, é que aproximar de protestante, sem o intuito de convertê-los à verdadeira Fé, é abrir mão de Cristo. E quem abre mão de Cristo, vai para o Inferno.

Em resumo, a Universidade Católica de Pernambuco, abrindo o diálogo com os hereges nos ensina (como é da natureza de uma universidade) o que todos os santos, todos os papas, todo o Depósito da Fé nos ensinaram até o Concílio Vaticano II: extra ecclesiam nulla salus.

11 comentários:

Israel TL disse...

"são uma legião!"

Excelente afirmação, lembrando os demônios que Cristo expulsou dos possessos.

Israel TL disse...

Professor, estudo na Unisinos, e sempre soube das graves profanações que ocorrem nas missas celebradas pelos padres jesuítas na capela (antigamente, inclusive, eu fui testemunha de muitas elas).

O senhor se importa de dize ronde está esse convite para esse "jejum de eucaristia tradicional"? Procurei na Internet e não encontrei.

Já não basta chamarem leonardo boff para comemorar 40 anos de telogia da libertação nesse ano, ainda vão começar a expulsar Nosso Senhor da capela? Se é que ele ainda está lá, pois tenho muitas dúvidas da validade das missas daqueles sacerdotes.

Agredeço desde já.

Antônio Emílio Angueth de Araújo disse...

Caro Israel,
Salve Maria!

Veja a notícia aqui.

Ad Iesum per Mariam.

Israel TL disse...

Obrigado professor!

Na verdade, eu confundi as coisas. Quando li Instituto Humanitas, logo pensei que fosse o da Unisinos (RS), e imaginei que o tal jejum de Eucaristia seria na própria.

Falha minha.

Ana Maria Nunes disse...

Israel TL, seu bebê já nasceu?

*******************
Ô professor, toda a frase que terminou em são uma legião, foi perfeita.

O saburido é lamentável, é um fruto do CVII.

Israel TL disse...

Ana Maria, obrigado por perguntar.

Nasceu sim, é um garoto forte e saudável, e espero poder seguir o seu exemplo - como li no seu blog - e educá-lo na Verdade da Fé Católica.


Quanto a tais celebrações ecumênicas, mesmo eu tendo me enganado de universidade, imagino que a gravidade dos erros nas missas celebradas lá seja a mesma dos cometidos na missa aqui, na Unisinos.

Como diria um sacerdote da minha Diocese: "aqueles padres [jesuítas da Unisinos] não são mais católicos!"

Ana Maria Nunes disse...

Israel TL fico feliz que ele esteja bem, parabéns papai e mamãe, Deus os guarde e proteja!

Vc vai conseguir educá-lo na Fé sim, por falar nisso já coloquei fotos da primiera comunhão do meu filho, n sei se vc viu. abraço

*************
Professor Anguerth, desculpe usar seu blogue para trocar mensagens com o Israel.

Ana Maria Nunes disse...

Professor, o link que o senhor tem do Padre João Batista mudou.
Agora é esse:
http://www.santamariadasvitorias.org/index.php

MANOEL CARLOS disse...

Dom Adriano Ciocca Vasino deixa a Diocese de Floresta


Neste domingo, dom Adriano Ciocca tomou pose na Prelazia de São Felix no Araguaia. A Diocese de Floresta ficará vacante até nova nomeação.

O povo de Floresta agradece a dedicação e disponibilidade do bispo Dom Adriano nas suas ações. Veja o trecho a seguir da carta preparada pelos fieis na celebração de envio: “E seguindo um projeto sócio educativo transformador, buscamos construir uma Igreja que se volta para a transformação de estruturas, favorecendo os menores para ganhar o pão de cada dia em Projetos de geração de renda, com dignidade e experiência qualitativas. Uma Igreja que enfrenta os poderosos dizendo não à Transposição, à Instalação de Usina Nuclear, conscientes de que a vida do povo é primazia para o Projeto de Jesus.” e ainda diz: ““Vai, vai, missionário do Senhor, vai trabalhar na Messe com ardor. Cristo chegou para anunciar, não tenhas medo de evangelizar”.

Dom Adriano Ciocca é bispo de Floresta desde o dia 2 de maio de 1999. Ele é italiano de Borgosesia, Vercelli. Foi nomeado bispo em 3 de março de 1999, pelo papa João Paulo II. Sua ordenação aconteceu em sua terra natal, em 2 de maio de 1999. Até a 49ª Assembleia Geral dos Bispos da CNBB, em 2011, era membro da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, como bispo responsável pelas Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) no Brasil.



Fonte: Pascom da Diocese de Floresta



Compartilhe:
Querido angheth, essas palavras são do novo bispo de sao félix do araguaia. se posível analise e comente. Salv Maria!

Anônimo disse...

estudei na unicap e vi lá um antro de apóstatas o curso de teologia é demoniaco e o curso de filosofia que cursei é marxismo puro, as missas celebradas lá, não quero nem falar muito digo só uma que é a chamada missa afro, um padre junto com pais de santos no altar para celebrar, parece um terreiro de macumba... os professores são em grande maioria ateus e quando não são adeptos da teologia da libertação. saí de lá estarrecido depois de 4 anos cursando filosofia.....

Nitpicking disse...

Estudo nessa Universidade e sou católico tradicional. Vocês não fazem idéia de como é frustrante ter de conviver com esses hereges se passando por padres, traindo clamorosamente a Igreja Católica e, portanto, Nosso Senhor Jesus Cristo. Em aulas de Teologia dos padres de lá, é possível ouvir sobre Buda, Maomé, Gandhi, sobre todos, exceto Jesus. Quando muito falam sobre Moisés. Nenhum dos padres que levam a Universidade presta (um amigo certa vez disse que a pior missa que já viu na vida foi uma rezada pelo reitor; eu, por mim, nunca vi missa rezada por este senhor, tão afoito em defender todas as causas comunistas e os militantes gays). Esses padres, que são jesuítas, fazem questão de ser radicalmente contrários a tudo o que a Igreja prega, ensina, aconselha. Pior: eles ensinam tais coisas.
Por favor, REZEM por eles! Essa gente não pensa que vai ser julgada um dia!