sábado, dezembro 18, 2010

TESOURO DE EXEMPLOS: DEUS RECOMPENSA OS SACRIFÍCIOS (Principalmente no Natal do Senhor)

Do livro Tesouro de Exemplos

Nota do blog: Depois do CVII, a Igreja já não prega (ou dificilmente prega) que o período de Natal é um período de penitências. Já não explica aos fiéis o significado da cor roxa dos paramentos do padre (se é que o padre usa tais paramentos). Esta historinha resgata esta verdade e nos dá esperança para que façamos nossos pedidos para Nosso Senhor; especialmente aquele pedido especial, para que Ele nasça em nossos corações no dia de Natal. Com este texto, este blog deseja a todos os seus leitores um feliz e santo Natal. Que o ano litúrgico que começou com este Advento seja um ano de conversão de todos ao catolicismo, de conversão de todos à única Igreja que salva.

Os sacrifícios escolhidos voluntàriamente fazem que Deus seja generoso e bom para conosco. Os pequenos presentes que lhe oferecemos espontaneamente exercem grande, irresistível poder sobre ele. Forçado então pela bondade do seu coração, Deus, que não se deixa vencer em generosidade, não se cansa de cumular de bênçãos aqueles que se mostram generosos para com ele.

A propósito o seguinte exemplo:

Num colégio de Friburgo, na Suíça, achava-se, poucos anos faz, uma menina que fazia extraordinários progressos nos estudos, e sentia-se feliz.

Certo dia, recebeu a superiora do Colégio uma carta do pai da criança, comunicando-lhe que, por dificuldades financeiras, não lhe era possível manter a filha no Colégio por mais tempo

Que fez a superiora? Mandou chamar a menina e disse-lhe:

-- Minha filha, uma notícia bem desagradável. Teu pai acaba de escrever-me que se acha em grandes dificuldades e que talvez seja obrigado a retirar-te do Colégio.

A menina, muito aflita, pôs-se a chorar e dizer:

-- Madre, que será de mim? Ajudai-me, Madre, ajudai-me! Dizei-me o que devo fazer.

-- Minha filha (disse a superiora muito comovida), tu podes modificar tudo isso. Sabes que dentro de algumas semanas teremos o santo Natal; sabes, igualmente, que até lá temos todos os dias a devoção ao Menino Jesus, não é?

-- Sim, Madre. . .

-- Pois bem; faze um fervoroso pedido diariamente ao Menino Jesus, para que ele te conserve aqui e oferece-lhe alguns pequenos sacrifícios. Verás que Jesus não rejeitará os teus pedidos.

- Sim, Madre, farei tudo para que Jesus me ouça, e peço também as vossas orações.

A menina, que tinha grande desejo de continuar seus estudos na companhia das Irmãs, cheia de confiança, sentou-se e escreveu ao Menino Jesus uma cartinha. Prometia não só orações fervorosas, mas fazia também o propósito de, por amor de Jesus, abster-se, todos os dias até o Natal, de queijo e frutas, de que gostava muito. E tudo isso para que Deus socorresse seu querido pai e ela pudesse continuar no Colégio.

No dia do Natal achou a superiora debaixo da imagem do Menino Jesus a cartinha da menina. Leu-a e ficou profundamente comovida.

Dois dias depois chegava uma carta do pai, que, entre outras coisas, dizia:

-- Madre, não sei como agradecer a Deus. De modo prodigioso e inesperado veio o auxílio do céu. Minha filha pode continuar aí.

Podemos imaginar a alegria de ambas, a aluna e a Superiora, vendo que a sua confiança em Deus não falhou.

2 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Prof. Angueth,

Percebo que o senhor está se aproximanando cada vez mais da sabedoria que supera todo entendimento.

Nascer de novo. Tornar-se criança. Humildade ...

Percebe-se tudo isso na sua caminhada.

Que Deus continue a usá-lo!

Flavio disse...

Antonio,
Um belo exemplo que me fez iniciar uma pequena penitência até o dia de Natal.

Desejo a ti e a todos os amigos que visitam o blog,um FELIZ NATAL na presença do menino Jesus e um ano de 2011 abençoado por NS Jesus Cristo.

Fiquem com Deus.

Flavio DG