quinta-feira, julho 05, 2012

Padre prega contracepção em Betim!

Gente do céu! Este padre (Antônio Carlos Ferreira de Souza) está pregando abertamente em suas homilias a contracepção

Veja aqui o escândalo.

4 comentários:

Elton SDL disse...

Olá, Angueth!
Talvez esse não seja o espaço adequado, mas, gostaria de por algumas questões.
Recentemente, vi nas redes sociais, críticas ateístas em relação a várias passagens do antigo testamento, como essas: http://www.capuchinhos.org/biblia/index.php?title=Dt_22

Fato que, algumas das coisas que se encontram nos livros antigos faziam parte da antiga lei, por isso, algumas pessoas colocaram a defesa dizendo que "era o antigo testamento." Porém, os ateus rebateram alegando que, se aquelas leis não são mais válidas pelo fato de serem do antigo testamento, a bíblia, o cristianismo e o próprio Deus são produtos culturais mutáveis no tempo. Por isso a lei mudou, quando a mesma foi sofrendo alterações.
Confesso que não consegui achar uma réplica à altura. Gostaria de instrução para mim e para outrem.
Desde já, agradeço.

Antônio Emílio Angueth de Araújo disse...

Elton, veja a resposta ao seu comentário aqui.

Luiz Fernando disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
stefan disse...

OS SUCESSORES DE HERODES CONTINUAM SUA MACABRA MISSÃO...
Ele foi, de fato, um rei muito poderoso e influente, por manter cativos fiéis seguidores até hoje. Ele tencionava matar a Jesus: fê-lo trucidando milhares de crianças em seu lugar, subtendendo que estaria dentre elas, à época, abaixo de 2 anos. Em pleno século XXI Herodes capta numerosíssimos discípulos, vinculados a seu espírito satânico, em nome e lugar de quem praticam, promovem o aborto ou votam em candidatos ou partidos socialistas ou comunistas , PT, PC do B, PSOL, PSTU etc., onde o "mentir" é virtude – piores os possuidores de militância ativa – que implantam leis homicidas com o aval de seus eleitores, inclusive de supostas seitas evangélicas, como a do aborto e outras anti ético-morais cristãs.
Nem os animais jamais ingerem seus ovos ou abortam os filhotes.
Assim sendo, todas as crianças sacrificadas nos abatedouros, matadouros ou clínicas de aborto, esses colaboracionistas têem suas digitais impressas no sangue derramado de cada uma delas proveniente desses fratricídios praticados; são excluídos da Igreja Católica por grave apostasia, não podendo inclusive receber validamente os sacramentos, transformando-se em mortos espirituais, defuntos ambulantes.
O pior, no Juízo Final serão duramente interpelados de co-participação em cada um desses assassinatos. Já possuímos tantos pecados pessoais, adicionaremos ainda mais homicídios, propositamente? Poderíamos evitá-los não avalizando tais procedimentos, acrescendo milhares de gravíssimos pecados ainda mais ao nosso já sujíssimo currículo existencial como católicos, provando-o os muitos envolvidos em injustiças.
A não ser que a pessoa, após infortunada existência, maldita vida, queira ser recebido por Satanás e ouvir dele: obrigado, comparsa, tome posse do reino do inferno; é todo seu, precipitando-o adentro para sempre, daí sugerindo a pergunta: disporia-se você a correr tal risco?
Por outro lado, convém melhor se esclarecerem as mulheres no risco a que se expõem em uso de pílulas contraceptivas em relacionamentos conjugais, podendo oportunizar a existência de "abortos ocultos", pela ação anticoncepcional ser impedida a fixação do óvulo já fecundado, sendo expelido; pior ainda a ingestão de pílulas abortivas "do dia seguinte", cuja ação já é de homicídio consumado.
Aliás, ao acaso as "caóticas pelo direito de decidir ", abortistas, apreciariam serem mortas no leito quando adormecidas, devidamente amordaçadas, sem a menor possibilidade de reação, sendo aos poucos retalhadas em partes até à consumação do frio assassinato pelos algozes, gemendo de dor, da mesma forma como promovem e (ou) executam crimes semelhantes para com os nascituros?
E mais: se as abortistas acima relatadas ainda à ocasião tiverem a visão de Satanás lhe dizendo: aguentem firmes, daqui a pouco estarão comigo…
Quanto ao padre(?) dissenso ou da herética TL é bom que averiguemos a que facção ou seita pertence e o denunciemos à Cúria.