terça-feira, junho 28, 2011

Blog é acusado e se defende

Um leitor deixa o seguinte comentário ao post Chesterton versus Blatchford: a irracionalidade do racionalismo (comentário não publicado no post): Muito bom. Como sou fã de Chesterton, vou colocar em meu blog. Pena que não possa citar esse blog sem ressalvas, por causa da sua heresia tradicionalista. Como um comentário tão curto pode ser tão revelador de quem o faz! Aliás, o nome de seu blog – conforme seu perfil, blog aparentemente abandonado – já diz tudo; ele é liberal! 

Vê-se logo que ele não sabe nem o que é heresia, nem o que é Tradição. É de suspeitar que seja um católico, e um católico moderno (liberal!), que pensa que tudo tem de evoluir, inclusive a Teologia e a Liturgia. O próximo vídeo de Chesterton que o blog irá legendar o decepcionará; depois dele, o leitor também não irá citar Chesterton sem ressalvas. 

Aguarde, caro leitor, o vídeo em que Stanfod Nutting pergunta a Chesterton o que ele pensa da Nova Teologia, uma destas (porque elas são muitas) a que o senhor subscreve. Preste bem atenção na resposta de Chesterton; o senhor não perde por esperar. 

O senhor não sabe o que é heresia, portanto, recomendo-lhe o livro que traduzi: As Grandes Heresias, de Hilaire Belloc, um grande amigo de Chesterton. Aí do lado, o senhor encontrará um link para a compra do livro. 

Que o senhor acuse um católico de herético por ser tradicionalista – suponho que o senhor queira designar por este termo, um católico que defende a Tradição da Igreja contra os ataques que ela sofre desde dentro da própria Igreja – não me surpreende nem um pouco. A crise da Igreja produz tal sentimento em católicos criados pela cantilena do Vaticano II; a Tradição, para estes católicos, parece heresia e o modernismo, no qual eles estão inseridos até a alma, lhes parece a mais pura doutrina católica. Este é um dos aspectos mais cruéis da crise da Igreja.

Uma boa referência sobre o que é Tradição e como diferenciá-la de outras doutrinas heréticas é o livro de São Vicente de Lerins, Comonitório

Antes de finalizar, sendo o leitor um liberal, nada como ler “Liberalismo É Pecado”, de Dom Felix Sarda y Salvani (versão em espanhol aqui). 

Agora finalizando: este blog é mantido por um Católico Apostólico Romano, sem mais adjetivos. Isto já é por demais trabalhoso, para um pecador tão contumaz.

5 comentários:

Wendy disse...

Um comentário cômico é bom, de vez em quando, não é, Angueth? Esses liberais... Hahahaha!

Andrea Patrícia disse...

hehehe...agora tradicionalista é herege? Gente do Céu, parece que estou vivendo no mundo de Orwell onde a novilíngua tomou conta de tudo. Sabe como é, "guerra é paz", defender a Tradição é heresia... Misericórdia!

Wendy disse...

Foi ou não foi a melhor, Patrícia? Hahaha! É como se Jesus Cristo fosse acusado de herege por Edir Macedo.

gaucho disse...

Parabéns, pelo trabalho apologético, pelo blog, pelas matérias, pela resposta.
Fé. "Não temais. Eu venci o mundo".

Ana Maria Nunes disse...

Só aparece louco!