terça-feira, maio 17, 2011

Religião no mundo moderno

Um ex-seminarista dos anos 1970 nos explica o que é religião. Divirtam-se! Veja também este.


8 comentários:

André Luiz de Souza Serrano disse...

Prezado professor Angueth, esta série de vídeos é interessantíssima. Parabéns pela iniciativa.
Grande abraço,

renatasmg disse...

Excelente! Parabéns professor Angueth ao senhor e aos seus filhos.

E a gente se pergunta: quem nunca foi vítima de um professor como esse retratado no vídeo? Fosse qual fosse a matéria tudo era e ainda é love, love, love... Sim, mas só até certo ponto; ao ponto de Chesterton, por exemplo.

Flavio disse...

Muito bom,Antonio!

Ri sozinho aqui.

É rir pra não chorar.

Fiquem com Deus.

Wendy disse...

Hahaha! Essa valeu, viu? Hahaha! Ele tentou destruir uma Ortodoxia e construiu uma. O mesmo erro no qual Chesterton caiu. Mas ele pelo menos assumiu e essa foi sua glória. Mas uma Ortodoxia gay é difícil de se assumir por parte do Sr. Stan, não é mesmo, Angueth? Hahaha! Até a próxima.

Antonio Emilio Angueth de Araujo disse...

Caro Wendy,

Chesterton não construiu ortodoxia alguma. Quando pensou que construíra uma, ele descobriu que ela já tinha 2000 anos de idade e era justamente a ortodoxia católica. Este é o "romance da ortodoxia".

Aliás, pelo próprio significado da palavra, que Stan conhece bem, ninguém pode construir uma ortodoxia, só Deus.

Obrigado pelas visitas e comentários.

Em JMJ.

Wendy disse...

Tem toda razão! Hehehe!

Wendy disse...

Me corrigindo: Chesterton tentou construir uma heresia, mas apenas viu que era a Ortodoxia. Mas podemos concordar que o Stan construiu bem uma heresia, não é? Hhehehee! Abraços! Perdoa a mancada.

Arlene Mulatinho disse...

Muuuuuuito bom!!!!!!!

Kkkkkkkkkkkkkkk