sexta-feira, março 27, 2015

Mais uma do tal "liberal yankee"!

Digam-me qual Bispo moderno da CNB do B afirma o que este indivíduo, rotulado de "liberal yankee" e outros adjetivos mais degradantes por alguns leitores do blog. Ou qual Bispo moderno pode afirmar, ou mesmo imaginar, de minimamente semelhante ao que o filósofo afirma? Abaixo transcrevo algumas notas de Olavo de Carvalho, muito esclarecedores para os católicos. Para ler a íntegra, clique aqui.

O Bem não é um universal abstrato. O Bem é uma Pessoa, é Deus. Só se assimila o Bem por contato pessoal e impregnação no amor divino. O resto é filosofice uspiana.
*
Todo aquele que não se apresenta diariamente diante do Trono do Altíssimo, com o coroção trêmulo de vergonha não só pelos seus próprios pecados mas pelos de todos os seus irmãos, consciente de que, em face da perfeição e da onissapiência divinas, CADA UM dos seus atos foi errado, mesmo aqueles que sua vaidade considerou os melhores, e sentindo até o fundo da alma que o Perdão é o ÚNICO bem valioso a ser ambicionado, -- esse NUNCA saberá o que é sinceridade, nem muito menos honestidade.
*
Eu não teria a cara-de-pau de pedir a destituição de um governante se não rezasse diariamente pela salvação da sua alma.
*
Quem compreendeu o meu post que começa com "Todo aquele que não se apresenta diariamente..." compreenderá também que a "absoluta terrestrialização do pensamento" proposta por Antonio Gramsci, assim como toda política baseada nela, será sempre uma GARANTIA INFALÍVEL de destruição da consciência moral de um povo, portanto um convite irresistível à criminalidade. As ligações entre o Foro de São Paulo e a corrupção petista não só uma questão de alianças e conveniências, mas têm uma raiz muito mais profunda na corrupção espiritual gramsciana. O PT já era corrupto antes de começar a roubar, antes mesmo de nascer, no tempo em que a putada uspiana sonhava com um "partido operário".

2 comentários:

miguel muassab disse...

Deus é 'Amor'.
Amor é o 'Bem' extremado.
Deus é o 'Bem' extremado.
mm

Antônio Emílio Angueth de Araújo disse...

Anônimos do mundo, uni-vos!

Aqui vocês não são bem vindos. Só terão comentários publicados, segundo o critério do blogueiro (que não é nada democrático) aqueles que se identificarem. Não adianta ficar bravinho!