quarta-feira, agosto 30, 2017

Comparem os dois comportamentos!

CHEFE DO ESTADO MAIOR CANADENSE PARTICIPA DA PARADA DO ORGULHO GAY E CONVIDA TRANS A SE ALISTAREM NO EXÉRCITO

JPEG - 84.7 ko


Com cada vez mais frequência, em diferentes países ocidentais, os militares e os políticos participam uniformizados nos desfiles de homossexuais. Mas pela primeira vez no Canadá, o chefe do Estado Maior da Defesa, o general Johathan Vance, tomou parte pessoalmente na parada do orgulho gay, cercado de outros oficiais superiores de seu estado-maior.

O general Vance declarou, em particular, na ocasião:

"Os homens e mulheres, os trans das Forças Armadas canadenses, eu os encorajo a ficar conosco. Pensem numa carreira nas Forças Armadas canadenses."




MINISTRO DA DEFESA HÚNGARO ORDENA A SEUS OFICIAIS A LUTAREM CONTRA A IMIGRAÇÃO ILEGAL E A GUARDAR A FÉ CRISTÃ.




Deve-se ler e reler essas palavras de István Simicsko, ministro da Defesa húngaro, endereçadas a seus jovens oficiais quando estes prestavam seu juramento, na festa nacional húngara, no último 20 de agosto.

"Para que nossos filhos e nossos netos vivam como húngaros na Hungria, devemos defender nossas fronteiras com todos os meios à nossa disposição, e lutar contra o terrorismo e a imigração ilegal."

"Devemos guardar nossa fé cristã, neste mundo apressado e mutável. Não há outro caminho senão a fé cristã que recebemos de Santo Etienne para nos levar adiante."





Um comentário:

Anônimo disse...

Não que eu deseje, mas apostaria 10 contra 1 em favor da Hungria se houvesse uma guerra entre os dois países. O "exército" gay já começa perdendo pelo fator moral, que é o espírito das forças armadas de uma nação.