domingo, fevereiro 25, 2007

Traduções para o MSM: Atualização

Seguem minhas mais recentes traduções para o MSM.


Thomas Sowell

Socialismo dos ricos
Leviandade política – parte I
Leviandade política – parte II
Leviandade política – parte III
Leviandade política – final
Onde está o Ocidente?
O moedor de carne de Washington
Economia a la Hollywood
Débeis sinais de esperança
Obsessão perigosa
Obsessão perigosa – Parte II
Obsessão perigosa – Parte III
Obsessão perigosa – Parte IV
Obsessão perigosa – Final
O novo "perigo amarelo"
A falácia da "cobiça"
Todas as “notícias”?


Walter E. Williams

A pobreza no mundo


C. S. Lewis

Bulverismo, ou os fundamentos do pensamento do século XX - I
Bulverismo, ou os fundamentos do pensamento do século XX - Final


Ambientalismo - Diversos autores

Como atingir o “consenso” científico
N. Joseph Potts
Clima de medo: alarmistas do aquecimento global intimidam cientistas discordantes
Richard Lindzen
CO2 e alarmismo
S. Fred Singer

Um comentário:

Pedro disse...

Toda a gritaria ecologista é imbecil e sem a menor base científica. Sempre que o Greenpeace ou outras organizações fazem alguma mobilização junto com seus consensos, tudo o que eles dizem é rechaçado por pesquisas, livros, artigos, e às vezes por prêmios Nobel. Em 1985 ou algum ano próximo, houve uma série de protestos com militantes falando que as 'baleias desaparecerão em dez anos'. Bom... elas estão aí, sem muita propaganda e sem aparecerem mais na mídia como antes.

No início do ano, o consenso britânico saiu nos jornais falando que este seria o ano 'mais quente da história'. Caiu 15 centímetros de neve nas ruas de Londres. Por isso é que há gente no sudoeste americano (onde também caiu muito a temperatura) respondendo : "Aquecimento global? Não seria má idéia!"

É uma agenda política: o mais importante é que se as medidas de controle do dióxido de carbono forem implementadas nos EUA, o preço dos combustíveis dobrará. Isso simplesmente seria um desastre para a economia americana. Quando foi a última vez que eu vi gente que adoraria isso...?

Há algo, também, que eu vi um professor comentar. As nuvens de gases que são lançadas na atmosfera pelas indústrias refletem a luz do sol, e não favorecem aumento da temperatura. Até regulam-na, além, claro, das tecnologias modernas usarem menos recursos na produção. Oh! isto é um anátema para os ludistas de nossos jornais e universidades (vamos destruir as máquinas!elas tiram emprego! elas poluem!).

Enfim, o capitalismo está sempre querendo destruir a Mãe Terra. A propósito, esse culto à Natureza, com traços do lixo de seitas ocultistas e do programa das Religiões Unidas, está sendo ensinado em universidades americanas...

Valha-me Deus. O ecologismo é uma nova pseudo-religião.