quarta-feira, setembro 17, 2014

Conselhos de Padre Pio

Conselhos comuns
Dever antes de qualquer coisa, mesmo algo sagrado.
Toda vez que for necessário você deve olhar sem ver, e ver sem pensar.
Se Jesus Se revelar, agradeça-Lhe; se Ele Se ocultar, agradeça-lhe igualmente. Tudo é agradável ao Seu Amor.
Sempre faça um pequeno trabalho. Trabalhe, então, e embora avance vagarosamente, você caminhará todavia um longo caminho.
Reze, tenha esperança e não se preocupe!
Somente uma coisa é necessária: elevar seu espírito e amar a Deus.
O tempo melhor gasto é aquele usado para a glória de Deus e a salvação das almas.
 
Compense o trabalho do demônio
Despreze suas tentações e não demore nelas.

Caminhe no caminho de Deus com simplicidade e não atormente seu espírito.

Beije sempre afetuosamente Jesus e você O compensará do beijo sacrílego de apóstolo infiel, Judas.

O demônio é como um cão ciumento preso a uma corrente; além do comprimento da corrente ele não pode morder ninguém. E você, mantenha distância!
Aquilo que procede de Deus começa com um temor salutar e termina com uma paz de espírito. Aquilo que vem de Satã começa com calma e termina em tormenta, indiferença e apatia.
 
Devoções
Quanto não há tempo para ambas, a meditação é preferível à oração vocal, porque é mais frutífera.
Não retroceda, ou pior ainda, não interrompa a subida ao Calvário da vida. Jesus estenderá Sua mão e o sustentará.
Se você deseja assistir a Missa com devoção e proveito, pense na Mãe Dolorosa, aos pés do Calvário.
Unamo-nos devidamente ao Coração Doloroso de nossa Mãe Celeste e reflitamos acerca de sua dor infinita e quão preciosa é nossa alma.
Seja firme em suas resoluções; permaneça na embarcação que Eu te coloquei e deixe vir a tormenta. Viva Jesus! Você não perecerá.
Navegue por entre ventos e ondas, mas com Jesus. Se o medo te dominar, exclame com São Pedro: “Oh Senhor, salve-me!” Ele lhe estenderá Sua mão. Segure-a firmemente e caminhe alegremente.